Mensagens

A mostrar mensagens de 2017

À minha filha, que fez bater novamente o meu coração.

à minha filha, quando aprender a ler

A igualdade da infância

Aos oitenta e oito anos ainda se é novo para morrer

Sobre a falta da minha avó

A estante

A música dos outros

Pode a memória das mãos

O homem escreve que se farta

O retorno das palavras

Humberto, professor para lá disso

Herberto, para sempre

De como descobri o dia do pai

O lugar das coisas mais bonitas

O homem que atrasava o tempo