Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2011

Vermelho bolchevique

Sombras que permanecem

Minha estrangeira

Gosto, logo existes

Faz acontecer

As linhas do horizonte

Tudo mudou